Musical Quote #85

Taylor Swift lançou há exatamente uma semana sua música nova, Shake It Off e, bem…

Cause the players gonna play, play, play. And the haters gonna hate, hate, hate. Baby I’m just gonna shake, shake, shake. Shake it off. Heartbreakers gonna break, break, break, break, break. And the fakers gonna fake, fake, fake, fake, baby. Baby I’m just gonna shake, shake, shake. Shake it off, shake it off.

Assinatura_4

Métrica (Slammed #1) ~ Colleen Hoover

Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Métrica (Slammed #1) – Colleen Hoover

 ISBN: 978-85-01-40186-1

Editora: Galera Record

Ano de Lançamento: 2013

Estrelas: 5 de 5

Páginas: 304

Layken, ou simplesmente Lake, acabou de se mudar do calor do Texas para o sempre frio Michigan com sua mãe e seu irmão. Ela não poderia estar menos animada com toda a situação, afinal, além de ter perdido o pai, teve de mudar toda a sua vida. E as coisas só parecem ir de mau a pior, até ela conhecer seu novo vizinho, Will. Logo pode-se perceber que os dois têm alguma conexão, mas, como todo romance, é óbvio que eles não podem ficar juntos.

Eu confesso que a minha primeira reação foi “Por que todo mundo está falando tanto desse livro? Eu já li esse plot antes.”, mas é aí que nós somos apresentados ao slam. O slam é uma competição de poesia, mas interpretado. Muito bem interpretado. E o que vale não é a poesia em si, mas sim as emoções que a pessoa consegue passar para o público. Para isso, a Colleen Hoover usa do negrito e do itálico para montar os poemas. E isso faz toda a diferença. Não temos a descrição do que os personagens estão fazendo enquanto recitam, mas conseguimos entender perfeitamente o que eles sentem só por esses recursos gráficos.

E com o tempo, a história vai se desenvolvendo e quando você percebeu você está chorando com os poemas e com o final da história. Que é surpreendente, aliás. Todo mundo que eu conheço que leu não esperava nada do que aconteceu, e isso foi apenas um dos pontos positivos de Métrica.

A história de Lake Will não é, por mais que possa parecer no começo, mais uma história de amor proibido. Os dois tem muito mais em comum que imaginam, e a relação deles é muito mais que simplesmente um romance. A maneira com que Colleen trabalha isso é incrível. E não é apenas durante os slams que nós podemos sentir a intensidade dos personagens. A escrita dela é fluída e viciante, eu só parei de ler o livro quando ele acabou – e eu admito que comprei Pausa no minuto seguinte.

Slammed com certeza entrou na minha lista de dualogias/trilogias favoritas. É o melhor New Adult que eu já li até hoje e, quando Métrica termina, a autora fecha a história, mas ao mesmo tempo deixa aquele “quero mais” no final da página.

Assinatura_4

Musical Quote #84

Todos cometemos erros, e aprendemos com isso. Afinal, somos humanos…

But I’m only human, and I bleed when I fall down. I’m only human, and I crash and I break down. Your words in my head, knives in my heart. You build me up and then I fall apart, ‘cause I’m only human

Assinatura_4

Musical Quote #83

Para começar a semana bem, um clássico de uma banda clássica =)

I have climbed the highest mountains, I have run through the fields, only to be with you, only to be with you. I have run, I have crawled, I have scaled these city walls, these city walls… Only to be with you. But I still haven’t found what I’m looking for. But I still haven’t found what I’m looking for.

Assinatura_4

Tamanho 42 E Pronta Para Arrasar (Os Mistérios de Heather Wells #4) ~ Meg Cabot

Neste quarto volume da série de Heather Wells, a protagonista vai precisar resolver mais um dos mistérios que parecem a perseguir. Tania Trace, a mais nova celebridade teen, está noiva do ex-namorado de Heather, Jordan Cartwright, e os dois ganham um reality show só para eles.

O problema é que Tania resolveu gravar o programa em um dos alojamentos da faculdade de Nova York, mais especificamente aquele onde Heather trabalha, e acidentes suspeitos começam a acontecer. Agora Heather vai precisar descobrir quem está por trás disso antes que algo pior aconteça.

Tamanho 42 E Pronta Para Arrasar (Os Mistérios de Heather Wells #4) – Meg Cabot

 ISBN: 978-85-01-40224-0

Editora: Galera Record

Ano de Lançamento: 2013

Estrelas: 5 de 5

Páginas: 400

Atenção, essa resenha contém spoilers dos livros anteriores.

Falando em Tamanho 42 E Pronta Para Arrasar

Dessa vez, a coisa parece estar feia para Heather Wells. Depois de finalmente se resolver com Cooper, – eles estão noivos! – ela descobre que o Conjunto Residencial Fischer, não apenas o Alojamento da Morte, mas também o lugar em que Heather trabalha, será palco do novo reality show de Tania Trace, a mesma Tania que arruinou seu antigo relacionamento com Jordan, irmão de seu atual noivo.

Para completar, além de lidar com algumas dezenas de adolescentes que ficarão no “Acampamento de Rock Tania Trace”, a presença dela e de Jordan, a bagunça toda da produção e a tentativa de esconder seu noivado, Heather obviamente também tem que lidar com mais um assassinato. Afinal, se não tivesse um assassinato, não seria parte de Os Mistérios de Heather Wells, certo?

Mesmo tendo novamente menos foco na parte da investigação e do mistério, esse é, até agora, o melhor livro da série. O romance e a vida pessoal de Heather são tratados com mais carinho por Meg Cabot nesse livro, trazendo, além de boas risadas, algumas surpresas. A leitura é mais fluída que os últimos volumes, tendo um ritmo mais acelerado mesmo nas cenas mais calmas e que não envolvem ação.

O contato e a relação entre a Heather e a Tania era algo que eu estava bastante ansiosa para ver nesse livro. Nos primeiro volumes, sempre tivemos a protagonista falando de como ela havia terminado o relacionamento dela com Jordan, e eu queria muito ver como ela lidaria com a presença de Tania 24 horas por dia, sete dias por semana. Eu confesso que não foi nada do que eu esperava, o que tornou tudo ainda melhor.

O relacionamento dela com o Cooper foi o único ponto que eu achei que a Meg poderia ter abordado um pouco mais. Eu sempre quis que os dois ficassem juntos e, com o final de Tamanho Não Importa, eu fiquei muito animada para ver como isso se desenrolaria. Acabou que a maior parte da interação entre os dois era ou em relação a Tania ou em relação à proteção de seu noivado.

O próximo livro, The Bride Wore Size 12 foi lançado ano passado nos Estados Unidos, mas até agora não temos nada aqui no Brasil… Agora, resta esperar para saber o que de estranho deverá acontecer no casamento de Heather Cooper.

Assinatura_4

 

Tamanho Não Importa (Os Mistérios de Heather Wells #3) ~ Meg Cabot

A ex estrela do pop Heather Wells não tem do que reclamar: seu pai finalmente vai se mudar do apartamento que ela divide com Cooper; ela arrumou um namorado que quer ajudá-la a emagrecer e as coisas no emprego de inspetora de alojamento na Universidade de Nova York vão… Bem, as coisas por lá continuam esquisitas como sempre.

O Dr. Owen Broucho, diretor interino do alojamento Fischer Hall e seu terceiro chefe em menos de um ano, acaba de ser assassinado. Mais uma vez, Heather precisará usar seus excepcionais talentos de investigação se quiser livrar Sebastian Blumenthal, líder estudantil e principal suspeito do assassinato, de uma acusação aparentemente falsa.

Tamanho Não Importa (Os Mistérios de Heather Wells #3) – Meg Cabot

 ISBN: 978-85-01-08273-2

Editora: Galera Record

Ano de Lançamento: 2011

Estrelas: 4 de 5

Páginas: 334

Atenção, essa resenha contém spoilers dos livros anteriores.

Ainda aproveitando a onda do tema “policial”, trouxe um pouco de Meg Cabot para cá de novo.

Em Tamanho Não Importa, nos encontramos de volta no Conjunto Fischer, que parece estar vivendo um momento de paz depois dos últimos acontecimentos. O novo chefe de Heather, o doutor Owen Broucho parece ser uma pessoa bem normal, tirando sua fixação pelo Garfield e alguns problemas com a ex-mulher. A própria protagonista está tendo uma vida bastante comum: ela parece ter superado a sua paixonite por Cooper, arranjou um namorado – seu professor de matemática, Tad – que, além de tudo, quer ajudá-la a ficar saudável.

Bem, isso tudo até o Dr. Brochuro ser encontrado morto em seu escritório. E, como sempre, Heather acaba se envolvendo para tentar solucionar o crime. Para piorar mais um pouco as coisas, o principal suspeito, Sebastian, é, além de um líder estudantil, a paixonite da colega da protagonista, Sarah. As coisas não poderiam ter piorado tanto de uma hora para outra.

Novamente, Meg Cabot conseguiu me prender em seus livros. Eu confesso que, quando li Tamanho Não Importa, estava passando por uma tremenda “ressaca literária”, e escolhi-o sabendo que seria algo fácil e gostoso de ler. Os Mistérios De Heather Wells é uma série que tem tudo para me fazer gostar do livro: ação, suspense, mistério, comédia e, claro, romance.

O destaque do livro para mim foram, realmente, as cenas de comédia. Heather acaba divagando bastante sobre comida no decorrer da narrativa, ao mesmo tempo em que quer entrar em forma e, seus diálogos com Gavin rendem as melhores risadas. As investigações tiveram uma importância menor nesse livro, mesmo com toda a história girando praticamente em torno do assassinato de Owen.

A vida amorosa da protagonista ganhou um destaque maior. Ela tem que conciliar seu relacionamento com Tad com a convivência diária com Cooper, o trabalho no Conjunto Fischer, suas investigações “clandestinas” e, claro, os problemas que seus companheiros de trabalho desabafam com ela.

O livro, no geral, foi muito bom. É difícil eu não gostar de algo da Meg cof cof, A Rainha da Fofoca, e isso ajuda bastante quando tenho essas ressacas literárias… E, felizmente, a série não acaba por aqui, e isso não poderia me deixar mais ansiosa. O quarto volume da série, Tamanho 42 E Pronta Para Arrasar, já foi lançado aqui no Brasil e a resenha vai estar no blog em breve.

Assinatura_4

 

Musical Quote #82

Mês de agosto começou. As aulas geralmente voltam em agosto e, para recomeçar com o pé direito, ter confiança em si mesmo é tudo.

C-O-N-F-I-D-E-N-T, that’s me, I’m confident, don’t want yo compliments, use common sense. I’m on my Michelle Obama shhh, shut your mouth. Boy I think you know who runs this house. I ain’t thirsten for no bae, ‘cause I already know watcha tryin’ to say

Assinatura_4

|Sábado Em Outra Língua| The Land Of Stories: A Grimm Warning (Land Of Stories #3) ~ Chris Colfer

Em Outra Língua é um meme criado pela Giu do Amount of Words.

Conner Bailey thinks his fairy-tale adventures are behind him—until he discovers a mysterious clue left by the famous Brothers Grimm. With help from his classmate Bree and the outlandish Mother Goose, Conner sets off on a mission across Europe to crack a two-hundred-year-old code. Meanwhile, Alex Bailey is training to become the next Fairy Godmother…but her attempts at granting wishes never go as planned. Will she ever be truly ready to lead the Fairy Council? When all signs point to disaster for the Land of Stories, Conner and Alex must join forces with their friends and enemies to save the day. But nothing can prepare them for the coming battle…or for the secret that will change the twins’ lives forever.

The Land of Stories: A Grimm Warning (Land Of Stories #3) – Chris Colfer

 ISBN: 978-0-3164-0681-9

Editora: Little, Brown Books For Young Readers

Ano de Lançamento: 2014

Estrelas: 5 de 5

Páginas: 448

Essa resenha contém spoilers dos livros anteriores

Eu sinceramente vou ter que começar a rever meus critérios de avaliação para as minhas leituras, porque alguns livros estão merecendo mais que cinco estrelas. E The Land Of Stories: A Grimm Warning, é um deles.

No terceiro livro de The Land Of Stories, os gêmeos Conner Alex continuam separados. Ele, vivendo sua vida na Terra, indo à escola e encobrindo o sumiço da irmã, enquanto ela está morando no Fairy Kingdom, treinando para ser nada menos que a próxima Fada Madrinha. E tudo parece estar indo perfeitamente bem para os dois. Os treinamentos da menina não podiam estar indo melhores, embora ainda tenha problemas com alguns feitiços e o menino foi convidado para ir à Alemanha numa cerimônia de abertura de uma capsula do tempo dos irmãos Grimm.

Mas, como sempre, alguma coisa tem que dar errado. A capsula contém três histórias inéditas dos irmãos Grimm, e duas delas, acabam chamando a atenção de uma das colegas de Conner, por serem extremamente parecidas com as dele. No entanto, é a terceira que mais o preocupa. Aliás, nem com um conto se parece, é mais como um aviso. E, pelo jeito, alguma coisa terrível vai acontecer. Enquanto isso, Alex tem apenas uma coisa em mente: seu baile de apresentação que seria o equivalente a uma festa de debutante nossa, e as coisas realmente estão dando certo, até que alguns convidados indesejados aparecem.

Por mais que pouco tempo tenha se passado entre os eventos dos dois livros, os gêmeos mudaram bastante desde The Enchantress Returns. Os dois amadureceram, cada um de sua maneira, e Chris Colfer soube mostrar bem isso durante o livro. E não foram só os personagens que amadureceram, a narrativa está menos infantil. As preocupações dos gêmeos não são mais “coisas de criança”, o foco do livro não é uma aventura no mundo do conto de fadas, os problemas de AlexConner não são problemas de crianças. Além de terem que defender um mundo praticamente por conta própria, eles estão na adolescência, e o autor não esqueceu de mostrar isso, sendo mais sutil em alguns momentos e mais direto em outros.

A escrita de Chris evoluiu bastante desde o primeiro livro. Mesmo tendo uma pegada mais infantil, – por conta até do público ao qual o livro é direcionado – ela é mais dinâmica. O livro engloba um problema principal, mas é recheado de outros problemas que são resolvidos em poucas páginas mas ao mesmo tempo não faz parecer que foi fácil demais, ou que ficou incompleto.

Chris já confirmou que haverá um quarto volume de The Land Of Stories e eu não poderia estar mais animada. A Grimm Warning criou muitos mistérios, mas solucionou apenas alguns deles – obviamente que o maior ficando para as últimas páginas do livro. A quantidade de teorias que já estão rondando a internet é imensa, são tantas possibilidades que a vontade de ter em mãos o próximo livro é inexplicável.

 Assinatura_4

Musical Quote #81

Sabe o que é gostar muito de uma música? E esperar algum tempo por um clipe e, quando ele sai, se ver completamente apaixonada não apenas por causa da música mas também pelo clipe em geral? Essa é a minha situação com Already Home.

If only New York wasn’t so far away, I promise this city won’t get in our way. When you’re scared and alone, just know that I’m already home…

Assinatura_4