Beijos Infernais ~ Kristin Cast, Fancesca Lia Block, Alyson Noël, Richelle Mead, Kelley Armstrong

O que um beijo é capaz de despertar?

Quem não anseia por um beijo que provoque arrepios, mexa com seu mundo, tire seus pés do chão e o faça sentir nas nuvens?

Nessas cinco histórias perigosas e apaixonantes, envolvendo vampiros e seres sobrenaturais, você vai descobrir que um beijo pode, sim, mudar uma vida e transformá-la em algo divino… ou infernal.

Beijos Infernais – Kristin Cast, Fancesca Lia Block, Alyson Noël, Richelle Mead, Kelley Armstrong

ISBN: 978-85-01-09541-1

Editora: Galera Record

Ano de Lançamento: 2011

Estrelas: 4 de 5

Páginas: 268

Okay, Formaturas Infernais continua em primeiro lugar na minha lista da série. Amores caiu pra terceiro e Beijos Infernais em segundo. Eu esperava mais (nem tanto, depois de ler Amores, minhas expectativas caíram), mas Beijos já começa arrasando. Dá uma olhada nessa capa? Tem coisa mais fofa? Digo, fofa misturada com infernal, mas… Além disso, reúne cinco ótimos autores. Minha surpresa: Kelley Armstrong. Dos cinco, era a única que eu não conhecia, e foi, sem dúvidas, o conto que eu mais curti. Bem, vamos ao livro?

O primeiro conto, de Richelle Mead (Academia de Vampiros) conta a história de Eric. Na minha opinião, Luz do Sol foi o conto mais assombroso. Quem já leu Academia de Vampiros, consegue sentir uma pitada na história. Não me impressionou muito.

Ressuscita-me, da linda da Alyson Noël (Séries Para Sempre e Riley Bloom) é o segundo conto. Eu, sinceramente esperava mais. A personagem é a cara da Ever Bloom, sem sal, perdida no mundo… A história em sim é bem interessante, mas o pouco desenvolvimento da personagem faz com que a história deixe um pouco a desejar.

O próximo conto me decepcionou. Em AcimaKristin Cast (Série House of Night) usa um estilo diferente de escrita. Ela brinca com as palavras e com a diagramação, e isso torna a leitura mais interessante. A história é intrigante, mas não me apaixonei por ela como pela série que ela escreve com a mãe.

Agora sim. Kelley Armstrong (Darkest Powers)!!! A autora desconhecida me conquistou com o conto Caçando Kat. A leitura é simples, recheada de detalhes me encantou. A história é rica e deliciosa, cheia de intrigas e claro, romance!

O último conto, Lilith, é bem diferente. A história de Lilith vem desde os tempos da Bíblia, e Francesca Lia Block incorpora o novo ao velho. Mistura a “conhecida” história de Lilith com o moderno. Bem divertida!

Assinatura_4
Anúncios

|Conte Um Conto| Memórias Infinitas

Memórias Infinitas:

Era uma segunda-feira, 26 de janeiro. Sempre começavam as aulas dia 26… Tudo era tão diferente, e ao mesmo tempo tão igual! Lembrava-se daquele 16 de dezembro como se tivesse acontecido há dias, não há catorze anos.

As mãos suadas, o coração disparado, a respiração ofegante… Lembrava-se perfeitamente da diretora no palco, poucos segundos antes do assistente sussurrar que ela tinha dois minutos. Dois minutos que pareceram uma eternidade naquele dia. E, quando finalmente chegou a hora, toda a ansiedade foi embora, e o discurso que havia ensaiado durante meses, veio rapidamente a sua mente.

Não fazia sentido que, catorze anos depois, aquelas memórias voltassem tão facilmente. Um puxão na barra da calça tirou-a do transe.

– Mamãe! Vamos!

A criança de apenas três ano apressava-a. “Igualzinho ao pai…”, pensou pegando a criança no colo.

Desceram pela familiar escadaria. Aquela em que sua amiga havia escorregado e rasgado a barra do vestido. A mesma escadaria na qual o havia beijado pela primeira vez, catorze anos antes, quando tinha chegado do intercâmbio…

Conforme se aproximavam das salas, mais memórias pipocavam em sua cabeça, incluindo um trecho de seu discurso.

“É claro que o tempo passa, mas certas coisas são difíceis de esquecer. Sei que parece bobo, mas vocês devem se lembrar do filme. Uma das músicas dizia: ‘Memories that last forever’, memórias que ficarão para sempre. E acho que são com essas memórias que, hoje, nos despedimos daqui.”

Ela colocou o filho no chão e deu um beijo em sua testa. Ele correu para a classe com um sorriso estampado no rosto. Uma lágrima brotou em seus olhos, lembrando-se do momento em que passou por aquelas portas pela última vez.

Por: C.A.Cunha

© C.A.Cunha – Cantinho da Cah

É proibida a reprodução total ou parcial do texto acima sem contato prévio com a autora e devida creditação.

Como Eu Guardo Meus Livros

Fala sério: que bookaholic nunca sonhou em ter uma estante perfeita que caiba todos os seus bebês direitinho? Pensando nisso, decidi fazer esse post. Vou mostrar as estantes que são meus sonhos de consumo e como eu guardo os meus livros. Prontos?
Bem, eu sou a pessoa mais alérgica do mundo, o que já acaba com a minha ideia atual de guardar livros em estantes abertas (afinal, eles ficam no meu quarto.) Solução, um armário. Agora, fase dois: Como arrumá-los?

O meu humilde armário tem 3 prateleiras. Nas duas primeiras, eu ficam as minhas séries separadas por editora. A prateleira de cima tem só séries da Galera Record e no cantinho os livros da Novo Conceito que não cabem nas outras que são mais baixas. Voltando, temos a série A Mediadora, da Meg Cabot, Diários da Princesa (V. 01 de capa feia, 02, 05, 06, 09 e 10), também da Meg Cabot Diários do Vampiro e Diários do Vampiro, O Retorno, da L. J. Smith, os dois primeiros volumes da série Escola de Espiãs (Gallagher Girls), da Ally Carter, os três primeiros volumes da série Fallen, da Lauren Kate e os dois primeiros da série Sociedade Secreta, da Diana Peterfreund.

Já na segunda prateleira, temos Intrínseca (Crepúsculo, da Stephenie Meyer, Os Imortais, da Alyson Noël, Os Heróis do Olimpo e Percy Jackson e Os Olimpianos, do Rick Riordan e o primeiro da série Riley Bloom, também da Alyson Noël), Novo Século (série House of Night, da P. C. Cast e Kristin Cast) e Rocco (Harry Potter da J.K. Rowling).

Na terceira prateleira, tenhos os outros livros que não são de série, separados por editora (Ática, Cia. das Letras, Galera Record, iD Editora, Intrínseca e Moderna). Daí deitado, são os livros da escola e de vestibular e depois tem os livros em Inglês (o 3o e 4o volume da Gallagher Girls, Eclipse, Breaking Dawn e a série Luxe).


PS: Geralmente na primeira prateleira tem umas três pilhas deitadas, que são os livros que eu tenho que ler, mas no momento estou me dedicando aos Harry Potter’s que ganhei de Natal.


Os livros para resenhar ficam na minha escrivaninha para eu não esquecer e os que eu estou lendo ficam no meu criado mudo.

Olha o que espera vocês?


Agora, a parte legal. As estantes. Um dia eu vou ter uma delas na minha casa, de preferência essa primeira:



Dá uma olhada nessa estante! Tem coisa mais maravilhosa?

Em cima da porta…

Enfim, existem milhares de jeitos de se guardarem livros… Agora o jeito é achar o que mais combina com você! ^-^
Assinatura_4

Amores Infernais ~ Melissa Marr, Gabrielle Zevin, Scott Westerfeld, Justine Larbalestier, Laurie Farie Stolarz

Olá! Tudo bem com vocês? Prontos para mais uma resenha??

Amar pode ser um inferno, mas sempre vale a pena!

Histórias de amor são sempre cheias de romance, suspiros e finais felizes. Certo? Bom, nem sempre!

Nesta coleção você vai encontrar cinco histórias surpreendentes que vão fazer você torcer, se emocionar, se apavorar e, principalmente, acreditar que tudo é possível quando se trata de uma paixão.

Amores Infernais – Melissa Marr, Gabrielle Zevin, Scott Westerfeld, Justine Larbalestier, Laurie Farie Stolarz

ISBN: 978-85-01-09081-2

Editora: Galera Record

Ano de Lançamento: 2011

Estrelas: 3 de 5

Páginas: 285

Quando descobri que haveria uma “continuação” de “Formaturas Infernais”, fiquei animada. Adorei Formaturas e esperava muito de Amores. Mas acho que de tanto esperar, acabei me decepcionando um pouco. De cara, uma surpresa: tirando Scott Westerfeld, todos eram autores desconhecidos por mim!!! Eu me surpreendi muito, afinal, me acho uma bookwarm, então…

Bem, vamos falar do livro? No total são cinco contos sobre romances infernais não, sério??

O primeiro conto, Dormindo com o espírito, por Laurie Faria Stolarz, já tem uma boa dose de infernal. Esse, foi meu conto favorito, o que mais se adaptou no tema “amores infernais”.

O próximo, Abominável mundo perfeito, por Scott Westerfeldo autor mantém a mesma pegada de seu romance Feios. A história se passa em um futuro, onde os alunos tem que fazer um trabalho relacionado com o nosso tempo. Infelizmente, vi pouca relação com o tema do livro.

O conto Mais ralo que água, de Justine Larbalestier não me impressionou muito. Embora tenha muito suspense, coisa que eu adoro, o conto em si não me agradou muito.

Fan fic, só pelo título me conquistou. Eu, escritora amadora, comecei por fanfics, então já pensei em algo relacionado com isso. Aí minha surpresa. Gabrielle Zevin criou uma personagem com a qual me relacionei. Outra surpresa do conto é que o conflito principal é com relação a ela mesma!

O último conto, Perdido de amor, foi o que menos me agradou. A protagonista criada por Melissa Marr é bem interassante, mas não gostei muito da história em si.

Preferi “Formaturas Infernais”, mas ainda não comecei o terceiro volume “Beijos Infernais”. Quem sabe minha opinião não muda?

Assinatura_4

Rosa & Túmulo (Sociedade Secreta #1) ~ Diana Peterfreund

Amy Haskel é editora da revista literária da faculdade e acredita que logo será convocada para a sociedade secreta Pena & Tinta. Mas tudo muda quando se torna uma das primeiras garotas convidadas a integrar a Rosa & Túmulo, a sociedade secreta mais poderosa do país. Amy vê sua vida virar pelo avesso depois que se transforma em Coveira: não consegue estudar, se afasta dos amigos e está prestes a perder seu quase-namorado. E é só o começo. Em nome da sociedade, ela deverá assumir a liderança de uma grande conspiração que envolve dinheiro e poder, e que tem chances de destruir seu futuro.

Rosa & Túmulo (Sociedade Secreta #1) – Diana Peterfreund
ISBN: 978-85-01-07898-8
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2008
Estrelas: 5 de 5
Páginas: 400

Rosa & Túmulo é o primeiro livro da série Sociedade Secreta. Pra compensar o preço abusivo, o livro é EXCELENTE!! Devorei ele em dois dias, nem isso.

O que eu mais adorei nesse livro, foi como a Diana mostra toda a coisa de faculdades americanas (coisa que não temos aqui), acho que é o primeiro livro que eu leio que se passa em uma Universidade, a maioria dos Young Adults se passam no High School…

Enfim, o livro conta a história da Amy Haskel, editora da revista da faculdade que está SUPER ansiosa para ser convocada pra uma das irmandades: a Pena & Tinta, que reflete tudo que ela gosta, já que a maioria dos convocados tem alguma relação com ela e/ou trabalham na revista da faculdade. Mas não é bem isso que acontece. No fim, ela acaba sendo convocada para a sociedade mais importante não só da universidade como umas das mais importantes dos Estados Unidos: a Rosa & Túmulo aliás é uma das únicas sociedades realmente “secretas”. No início, Amy acha que é tudo um trote, já que a Rosa & Túmulo nunca convoca garotas, mas depois ela descobre que foi uma das primeiras garotas a serem convidadas para participarem da irmandade. Durante a leitura, vamos vendo todo o envolvimento de Amy com a Rosa & Túmulo, todos os seu problemas (tanto dentro quanto fora da fraternidade) e é sensacional.

A leitura é muito fluida, embora o vocabulário não seja fraco. Diana prende seus leitores durante todas as 400 páginas do primeiro dos quatro volumes da série.

Assinatura_4

Apresentação

Prazer. Meu nome é Carolina. Mas pode me chamar da Carol, ou Cah. Eu gosto de ler. E de escrever. E de música. E de muitas outras  coisas, mas principalmente as três primeiras. E é por isso que eu vim parar aqui. Não é para falar  só sobre música, mas sim sobre livros (afinal, pra quem quer viver com isso, precisamos incentivar as pessoas a lerem, certo?). Enfim, geralmente, duas vezes por semana, postarei aqui uma indicação de livro com a minha opinião sobre ele. Não, a minha opinião não é absoluta. Toda sexta-feira, é dia de música. Que tal conhecermos um artista/uma banda novo(a)? É para isso que serve o Musical Weekend. Bem, é basicamente isso. Se quiserem indicar algum livro, ou fazer alguma crítica, falem comigo ou deixem nos comentários.

Beijos,
Assinatura_4