O Roteiro Inesperado de Fani (Fazendo meu Filme #3) ~ Paula Pimenta

“O livro começa com Estefânia Castelino Belluz, a Fani, retornando de uma temporada na Inglaterra com onze quilos a mais em relação ao início da

viagem. Ao voltar para casa, percebe que sua mãe quer continuar dizendo o que ela deve ou não fazer, algo que ela não aceita muito bem, pois se

acostumou a tomar as próprias decisões durante sua estada no exterior, vivendo longe dos amigos, da família e conhecendo melhor seus sentimentos

O Roteiro Inesperado de Fani (Fazendo Meu Filme #3) – Paula Pimenta

ISBN: 978-85-89239-39-4

Editora: Gutenberg

Ano de Lançamento: 2010

Estrelas: 3 de 5

Páginas: 424

ATENÇÃO: ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS. SE VOCÊ AINDA NÃO LEU A ESTREIA DE FANI E FANI NA TERRA DA RAINHA, TENHA CUIDADO!

Tem muita gente que considera esse livro o melhor livro da série Fazendo Meu Filme. Eu, sinceramente, não gostei.

O livro começa quando a nossa querida Fani volta de seu intercâmbio da Inglaterra. Como vocês leram na sinopse aqui em cima, ela tenta se adaptar à sua nova (velha) vida. Quem já leu os primeiros livros da série, sabe toda a complicação amorosa que ela deixou no Brasil quando foi pra Inglaterra e todos os problemas que ela deixou lá quando voltou para o Brasil. Ela passa grande parte do livro tentando organizar essas ideias e, mesmo estando de volta ao Brasil com uma namorado muuuuuuito fofo, ela continua com a mente na Inglaterra e num certo ator. Some isso ao fato de que ela está com toda a pressão de vestibular e tem altas brigas com sua mãe com a questão de qual faculdade ela fará.

Achei o livro muito enrolado. O que salva, são alguns pontos altos da narrativa, principalmente no final do livro. Algumas passagens, para mim, foram um pouco desnecessárias. Mas, não dá pra desistir de uma série por causa de meio livro, certo? Se fosse assim, eu não teria lido Crepúsculo até o fim, Fallen até o fim, Harry Potter até o fim, House of Night… Enfim, amei o final do livro e toda a trama que envolve Leo – Fani – Christian. Achei algumas partes muito melosas estranho, sou a rainha das coisas melosas e clichês, mas mesmo assim, li até o fim e acabei não me decepcionando tanto.

A Paula Pimenta continua divando muito aqui! Depois de ler O Roteiro Inesperado de Fani, passei a amar ainda mais essa linda brasileira que encanta tanto. Vamos fazer uma campanha pra FMF ir para as prateleiras internacionais? Hahaha!!!

Musical Quote #10

Gente, eu tenho estado numa tristeza profunda desde metade do ano passado porque eu percebi que meus anos de escola estão acabando. Outro dia, fiz a conta com uma amiga, e percebemos que estamos na mesma escola há 10 anos. Ano que vem, faço 11 anos de escola e me despeço com tristeza. Já conhecia essa música, e descobri que está num dos CD’s do Glee, mas, como amante de Green Day, segue a versão original pra vocês….

So take the photographs, and still frames in your mind. Hang it on a shelf of good health and good time. Tattoos of memories and dead skin on trial. For what it’s worth, it was worth all the while. It’s something unpredictable, but in the end is right,  I hope you had the time of your life…

Meme: Os Personagens Favoritos

Mais uma vez, a linda da Ni, do Ninhada Literária me indicou para um meme, espero que gostem!

Regras:

01. Divulge o banner do Meme no seu post

02. Indique 5 blogs para o meme (Mesmo esquema de sempre, gente. Quem quiser, pode fazer!)

03. Cite os 11 personagens mais marcantes de sua vida e por que eles são especiais (Demorei um tempão pra fazer esse post, mas mesmo assim consegui achar 8)

01. Suzanna Simons (A Mediadora, Meg Cabot)

Gente, a Suze é a minha personagem favorita da Meg! Acho ela super divertida e adoro o jeito e a atitude de badass dela me deixam fascinada! Sei lá, só adoro ela!

02. Anna Oliphant (Anna e o Beijos Francês, Stephanie Perkins)

Anna e o Beijo Francês foi minha primeira experiência de “livro intercâmbio”. E a Anna me ajudou a conhecer melhor Paris e eu adorei o jeitinho dela. Me identifiquei muito com ela. Ela tem alguma coisa que eu não consigo explicar que me faz adorar ela!

03. Hermione Granger (Harry Potter, J. K. Rowling)

A Hermione é a garota mais batalhadora que eu conheço. Ponto.

04. Katniss Everdeen (Jogos Vorazes, Suzanne Collins)

A Katniss vem logo atrás da Hermione na lista dos personagens batalhadores. Embora a batalha de Katniss seja mais física do que a da Hermione, ela ainda ganha. Enfim, a Katniss me cativou desde que eu botei os olhos na primeira página de Jogos Vorazes. Ela cuida da família, lida com dois romances e, spoiler alert, ainda vence os jogos (duas vezes)!

05. Fani C. Belluz (Fazendo Meu Filme, Paula Pimeta)

Depois de Fazendo Meu Filme 2, a Fani entrou nessa listinha. No começo, achava ela uma personagem muito “normal”, mas eu  consegui me identificar muito com ela no segundo volume e passei a amar ela. Eu passei por várias experiências que a Fani passou e quero passar por algumas delas (leia-se: intercâmbio para a Inglaterra).

06. Cameron Cammie  Morgan (Gallagher Girls, Ally Carter)

Tenho necessidade de resenhar essa série para vocês. A Cammie é simplesmente apaixonante. Ela é uma personagem fofa e, ao mesmo tempo, uma espiã fria. ADORO ela *-*

07. Lucinda Luce Price (Fallen, Lauren Kate)

Essa é outra série que eu tenho que resenhar para vocês. A Luce tem algum encanto sobre mim que me faz querer saber mais sobre o passado dela, que me deixa viajar com ela e, sei lá!

08. Ever Bloom (Os Imortais, Alyson Nöel)

Me matem, mas foi por causa da Ever que eu passei a gostar de ler. Já lia bastante, por causa de Harry Potter e etc, mas virei realmente bookaholic depois de ler  Para Sempre.

09. Amy Haskel (Sociedade Secreta, Diana Peterfreund)

Me identifico de várias maneiras com a Amy, mas a principal é a paixão pela escrita e as loucuras. Hahaha, mas, enfim, a Amy é muito divertida e me cativa, me faz sonhar com a universidade e tals….

Musical Quote #9

Música chiclete é ruim, né? Haha, essa tá na minha cabeça desde terça passada, e tá até sendo trilha sonora de um filme que eu tô fazendo para um concurso o.O

But when you touch me like this, and you hold me like that, I just have to admit that it’s all coming back to me. When I touch you like this, and I hold you like that, it’s so hard to believe but it’s all coming back to me (It’s all coming back, it’s all coming back to me now)

Bookshelf Tour!!!

Oi gente!!! Hahaha, finalmente fiz a bookshelf tour!

Enfim, a imagem ficou muito, muito, muuuuuuuuuito ruim. Mas, eu tentei. Eu prometo que da próxima vez eu tento fazer um pouco melhor e tento achar minha câmera.

Ficaram quase 15 minutos de vídeo o.O

Fani na Terra da Rainha (Fazendo Meu Filme #2) – Paula Pimenta

“Fani está indo para a Inglaterra através de um intercâmbio de um ano. Ficará longe dos familiares, escola, amigos e do principal: Léo. Quando finalmente tudo tinha se arranjado ela tinha que ir para o outro lado do Atlântico. Lá precisará ser forte, conviver com uma família desconhecida, se adequar aos costumes e superar a distância. Um ano em que ela vai amadurecer. Terá que superar muita coisa, muito mal entendido e coisas que ela pensa que são de uma maneira mais acontece tudo diferente.  Será que ela vai conseguir aproveitar deixando tudo aqui no Brasil?”

Fani na Terra da Rainha (Fazendo Meu Filme #2) – Paula Pimenta

ISBN: 978-85-89239-80-6

Editora: Gutenberg

Ano de Lançamento: 2009

Estrelas: 5 de 5

Páginas: 328

Mais Paula Pimenta pra vocês! Dessa vez, ela conseguiu se superar ainda mais! Em Fani na Terra da Rainha, nossa querida Fani vai para a Inglaterra fazer o intercâmbio de seus sonhos. E é claro que eu logo de cara me identifiquei ainda mais com a nossa protagonista (meu sonho é ir pra Inglaterra de intercâmbio)! Esse é, sem dúvida, o melhor livro da série até agora (ainda falta eu ler o quarto volume, que promete).

Durante todo o desenvolvimento do livro, vemos o quanto Fani cresce enquanto está na Inglaterra. Todos os problemas com que se envolve, a adaptação, o Christian ai, o Christian *-*… Eu me sentia na pele da Fani durante toda a leitura, eu passava por todos os problemas junto com ela, chorava com ela, sorria com ela…

O livro é digno das prateleiras internacionais. A Paula Pimenta, repetindo, conseguiu realmente se superar nesse segundo livro. Cada uma das 328 páginas foram devoradas rapidamente. A escrita da autora é surpreendente e deliciosa. Em cada cena, podemos imaginar Fani passando por aquilo, podemos ver as paisagens…

Fani na Terra da Rainha é, com certeza, um dos melhores livros que li esse ano e olha que não foram poucos. Estou louca para Fazendo Meu Filme 4, para saber como acaba essa maravilhosa história criada por Paula Pimenta.

Musical Quote #8

Eu estou simplesmente viciada nessa música. Como eu não achei nenhum liric-video legal dessa música, vai a versão do Glee pra tristeza da Ni… hahaha

Is it over yet?  Can I open my eyes?  Is this as hard as it gets?  Is this what it feels like to really cry? Cry… Cry…

A Estreia de Fani (Fazendo Meu Filme #1) ~ Paula Pimenta

“Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As conversas por telefone ou MSN e os bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto – a viagem que se aproxima. A obra revela o universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.”
A Estreia de Fani (Fazendo Meu Filme #1) – Paula Pimenta
ISBN: 978-85-89239-84-4
Editora: Gutenberg
Ano de Lançamento: 2009
Estrelas: 5 de 5
Páginas: 336
Vou ser sincera, embora eu queira ser escritora e coisa e tal, não sou a maior fã de autores brasileiros para jovens shame on me. Posso contar em uma mão, os autores que eu gosto. Antes da Paula Pimenta, eram três (João Carlos Marinho, Beto Junqueyra e Pedro Bandeira), mas ela entrou na minha lista, como a primeira autora.
Enfim, este é o primeiro volume da série Fazendo Meu Filme, que acabou de lançar o quarto e último livro, e conta a história de Estefânia, a Fani, uma garota viciada em filmes, que adora ir ao cinema com ou sem os amigos ou ficar em casa vendo seus queridos filmes. Em A Estreia de Fani, surge para a portagonista a oportunidade de fazer um intercâmbio e junto, algumas grandes confusões em sua vida! Durante toda a leitura, vemos o desenvolvimento da Fani e como ela lida com as diferentes situações que ela encontra.
O livro de Paula Pimenta não parece ter 336 páginas. A leitura é muito fácil e rápida de se fazer. Tenho a impressão que li em três dias… Enfim, adorei o livro, já li o segundo e o terceiro e agora estou esperando ansiosa pelo quarto volume. Me identifiquei muito com a Fani em várias situações, acho que esse foi um dos motivos que me deixou apaixonada pelo livro.
Outra coisa muito legal, são as citações que iniciam cada capítulo e as trocas de bilhetinhos/e-mails/conversas no MSN. Esses são alguns dos pontos altos do livro, que fazem com que os adolescentes brasileiros se encantem com o livro. Paula Pimenta está de parabéns!!